É SOBRE ISSO

Exercícios e alimentação balanceada são aliados no emagrecimento saudável

Treinos aceleram queima de calorias e trazem diversos benefícios à saúde; carboidratos são fonte de energia e não precisam ser cortados

Por Redação 08/09/2022 17h05
Exercícios e alimentação balanceada são aliados no emagrecimento saudável

Seja por questões estéticas ou de saúde, quem deseja emagrecer costuma enfrentar algumas dificuldades. Principalmente com o grande volume de informações disponíveis atualmente na internet, pode não ser fácil distinguir qual é a melhor rotina para perder os quilos necessários. A boa notícia é que o emagrecimento saudável não requer treinos exaustivos e uma alimentação restritiva.

“Temos muitas dietas e remédios milagrosos para perder peso, mas que podem ter efeitos colaterais sérios, afetando a saúde a longo prazo”, alerta Mônica Marques, diretora técnica da Cia Athletica. “Emagrecer com segurança exige uma mudança completa na rotina, que deve incluir exercícios e uma boa alimentação. Além disso, cada metabolismo funciona de uma maneira, ou seja, a dieta que funciona para um pode não funcionar para o outro.”

Lembre-se que as dietas malucas para “enxugar” alguns quilinhos podem funcionar, porém, sem mudança de hábitos o peso pode voltar a aumentar e fazer com que a pessoa engorde até mais do que emagreceu. Portanto, o ideal é seguir a orientação de um educador físico e um nutricionista. Os profissionais podem criar a melhor rotina de treinos e refeições para que a pessoa atinja – e mantenha – os resultados desejados.

Os exercícios são responsáveis por acelerar a queima de calorias, sendo que alguns continuam promovendo a perda calórica mesmo após o fim da prática. Algumas atividades também promovem outros benefícios. Exemplo são as danças intensas, como zumba e fit dance. Elas trabalham no fortalecimento de braços, pernas e tronco enquanto promovem o emagrecimento e melhoram o condicionamento físico.

“Já a corrida não só queima gordura como também diminui a fome e auxilia na melhora da saúde mental. Isso porque o exercício estimula a produção de dopamina, um hormônio responsável pelo bem-estar e controle do apetite. Só não esqueça de utilizar calçados adequados em atividades de alto impacto para evitar lesões nos joelhos e outras articulações”, adiciona Mônica.

Alimentação


Mesmo sendo considerados vilões para quem deseja perder peso, os carboidratos são importantes na alimentação e não devem ser totalmente cortados das refeições. Isso porque esses alimentos se transformam em glicogênio, substância que fornece energia durante a prática de exercícios intensos. O grupo alimentar é prejudicial apenas se consumido em excesso, assim como os demais alimentos.

“Quando comemos demais, a parte que não é consumida pelo organismo é armazenada como gordura. Os carboidratos simples, como farinha branca, são absorvidos mais rapidamente e não se transformam em glicogênio, porém, os carboidratos complexos (alimentos integrais, por exemplo) provocam sensação de saciedade por mais tempo e são utilizados como fonte de energia”, explica a especialista.

Assim, uma dieta balanceada deve incluir proteínas magras de origem animal, como peixe, frango e ovo, tubérculos e raízes, frutas, leite e derivados desnatados, carboidratos complexos e leguminosas, além de verduras. Para emagrecer, também é importante evitar pular refeições, principalmente o café da manhã, comer de duas a quatro frutas por dia, diminuir o consumo de álcool e beber a quantidade adequada de água – a recomendação diária é de 35 mililitros a cada quilo.