Notícias

Mais de 50 mil pessoas circularam nos mercados e Centro Pesqueiro

Semtabes realizou operação para reforçar segurança, limpeza e fiscalizações nos equipamentos públicos

Por Redação com Secom Maceió 15/04/2022 14h02
Mais de 50 mil pessoas circularam nos mercados e Centro Pesqueiro

Um verdadeiro mar de gente. Os mercados públicos da Produção, do Jacintinho, do Tabuleiro, do Benedito Bentes e o Centro Pesqueiro receberam cerca de 52 mil consumidores durante a Semana Santa, de segunda-feira (11) até esta sexta-feira (15).

O comerciante Sidnei Simão trabalha na Levada com sua esposa. Na sua tarimba, eles comercializam peixe, lagostim, lagosta e camarão de diversos tipos, até o pitu. E contou que a reposição dos produtos durante toda semana foi frequente, já que logo cedo quase tudo era vendido. Numa das manhãs, foram comercializados 45kg de lagostim e 35kg de peixe em apenas 4h.

“A nossa expectativa chegou onde a gente estava esperando. De segunda-feira em diante foi aumentando gradualmente a movimentação. E foi muito bonito ver o mercado cheio, todo mundo comprando e cada vendedor bastante alegre”, afirmou Sidnei.

A movimentação nos mercados públicos não foi só para quem estava comercializando marisco e pescado no Mercado da Produção. Soraia Severo trabalha há 36 anos comercializando verduras e legumes e entre uma venda e outra confessou: “todo ano é assim, graças a Deus. Estou vendendo melhor do que antes da Semana Santa e fizemos promoção durante os últimos dias com o coentro, o alface, cebolinha e o feijão verde. Tudo para complementar o almoço”, destacou a feirante.

Durante toda a semana, a Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária realizou, de forma integrada a secretarias e órgãos municipais, a Operação Semana Santa para reforçar a limpeza, segurança e fiscalização nos principais pontos de comercialização deste período. O titular da Semtabes, Carlos Ronalsa, acredita que o sucesso da movimentação nos equipamentos públicos se deu com o empenho integrado de toda gestão.

“Fizemos uma ampla divulgação nos canais da Prefeitura de Maceió e nos veículos de comunicação para chamar os consumidores para os mercados públicos da capital. Nosso objetivo é sempre incentivar que os consumidores prestigiem o comércio local. Cada dia que passa, estamos melhorando. Já que recebemos essa credibilidade do prefeito JHC para fazer um trabalho cada dia melhor, vamos até o final. Estamos trabalhando e vem muita coisa boa por aí para todos os maceioenses”, ressalta Ronalsa.

E por falar em maceioense, a Doralice e Marcos Duarte, moradores do Jacintinho, viram a divulgação do Centro Pesqueiro e depois de muito pesquisar foram até o Jaraguá para finalizar as compras da Semana Santa. O casal foi preparado para as compras debaixo do sol quente. Eles levaram uma caixa térmica para acondicionar os peixes e mariscos.

“Está muito quente e o trajeto daqui para casa, como é um crustáceo, ele pode chegar em casa com mau cheiro que geralmente fica. Aqui eles conservam no gelo e a gente levando só na sacola, chega com produto diferente. Então, trouxemos o isopor”, atentou Doralice.