Alagoas

CRIME

Igreja e templo são vandalizados em Maragogi

Vândalos invadiram estabelecimentos religiosos, depredaram móveis e janelas e reviraram documentos

Por Redação 16/11/2022 13h01
Igreja e templo são vandalizados em Maragogi

Atos de vandalismo deixaram a comunidade cristã de Maragogi, cidade do Litoral Norte de Alagoas, assustada. Vândalos invadiram e depredaram uma igreja católica e um templo da Assembleia de Deus. Os líderes religiosos dos estabelecimentos foram pegos de surpresa ao abrirem seus templos, nesta terça-feira (15) e encontrarem objetos quebrados e documentos revirados.

O ato, segundo o pastor Ednilson Barbosa, foi motivado por perseguição religiosa, os suspeitos de praticarem a ação criminosa não levaram nenhum objeto do local. Eles teriam entrado pela parte de cima da igreja com a ajuda de uma escada, acessaram a parte administrativa e destruíram porta de vidro da secretaria.“Eles tiveram acesso à igreja, à parte da administração, mas não levaram microfone, equipamentos de som, não levaram nem mesmo uma folha de papel. Entraram na secretaria, bagunçaram os papéis, as coisas que estavam em cima do birô e quebraram o vidro”, relatou

A mesma coisa aconteceu na Igreja Católica que fica localizada na praça Santo Antônio, no centro de Maragogi. Não furtaram nada, houve apenas atos de vandalismo. De acordo com áudio que circulam nas redes sociais, os dois líderes estão tomando as devidas providências junto às autoridades para que os responsáveis sejam identificados. Não se sabe ainda a motivação do ato.

“Isso é alguma mensagem que estão querendo passar. Realmente a perseguição tem chegado. Estamos agindo para descobrir quem foram os responsáveis que fizeram isso. Eles estão a serviço de alguém, com um propósito, e isso é uma mensagem que estão trazendo. Vamos orar e pedir a Deus para que todas as coisas sejam esclarecidas. Mas a verdade é que isso se chama perseguição”, disse.

O pastor Ednilson Barbosa comunicou que está tomando todas as providências necessárias para elucidar os fatos