Alagoas

PRINCESINHA DA FRONTEIRA

Operação prende assaltantes que mantinham caminhoneiros em cárcere

Acusados realizavam assaltos a carretas em Alagoas e Pernambuco, entre São José da Laje e Quipapá

Por Redação com assessoria 24/01/2023 14h02 - Atualizado em 24/01/2023 15h03
Operação prende assaltantes que mantinham caminhoneiros em cárcere
Delegado Igor Diego, coordenador da Deic

O registro de uma série de assaltos na divisa entre Alagoas e Pernambuco pelo Núcleo de Inteligência da Polícia Rodoviária Federal deu início ao desencadeamento de seis meses de investigações que culminaram no cumprimento de mandados de prisão contra três pessoas acusadas de roubo de cargas nos dois Estados, nesta terça-feira (24), 

Dois acusados foram detidos, e serão trazidos para a Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), em Maceió. Enquanto o terceiro já estava no sistema prisional de Garanhuns e vai permanecer em Pernambuco, onde o mandado de prisão, expedido pelo Juízo de São José da Laje, foi cumprido.

Os delegados Igor Diego, coordenador da Deic, e Felipe Caldas, que comandou a operação, informaram que os acusados realizavam assaltos a carretas em Alagoas e Pernambuco, entre São José da Laje e Quipapá.

Posteriormente, repassavam as cargas roubadas a receptadores, enquanto mantinham os motoristas das carretas em cárcere. Após o transbordo da carga roubada, eles liberavam os motoristas dos caminhões na beira da rodovia.

O veículo utilizado nos assaltos foi reconhecido pelas vítimas, sendo apreendido. Também foram apreendidos Smartphones dos acusados.

A operação foi denominada “Princesinha da Fronteira”, nome carinhoso dado à cidade de São José da Laje, um dos locais atingidos pelos assaltos.

A ação desta terça-feira teve o apoio do delegado Marcos Omena, da 18ª Seccional de Garanhuns; Victor Carvalho, da 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns; Marcelo Francisco, da 135º Circunscrição de Garanhuns; além do Núcleo de Inteligência, Seção de Roubo a Bancos, Seção Antissequestro e Seção de Capturas, da Deic.